HORÁRIOS

SECRETARIA: Segunda: 08:00-12:00; Terça a sexta: 08:00-12:00 e 14:00-17:00; Sábado: 08:00-12:00.
MISSAS: Terça a sexta: 7:00 e 19:00; Sábado: 7:00 e 18:00; Domingo: 07:30; 10:00 e 19:00.
ATENDIMENTO DOS PADRES: Terça a sexta: 09-11; 15:00-17:00.

PROGRAMAÇÃO DA SEMANA SANTA

30/03 –     QUINTA-FEIRA
19:30 – Confissões na Igreja (presença de vários padres)

09/04 – DOMINGO DE RAMOS (Coleta da fraternidade)
09h – Procissão e Missa de Ramos
19h – Missa com bênção de Ramos
N.B. Não haverá a missa das 07:30 e a das 10:00 será antecipada para as 09:00 (mais…)

MENSAGEM DE PÁSCOA

“Se Cristo não ressuscitou, a nossa pregação é vazia e também é vazia a fé que vocês têm” (1Cor 15,14).

A ressurreição de Cristo não é apenas mais um item de nossa fé. É simplesmente seu ponto central, o seu fundamento. Sem ressurreição não há cristianismo. Sem ressurreição o cristianismo não tem sentido. A ressurreição para nós é tudo!

Assim sendo, ser cristão não é para somente esperar a ressurreição no final da vida, mas para viver como ressuscitados; deixar-se tocar pela força da ressurreição em todos os lugares e momentos, diante da criação e de todas as pessoas e de cada pessoa em particular.

Que a luz que emana do Círio Pascal ilumine o nosso ser e nos ensine a construir a ressurreição no amor. Amar a Deus, amar a criação, amar os pobres, amar os sofredores, amar a família, amar os amigos, amar os inimigos, amar a vida…

A ressurreição é a vitória de vida e para que a vida vença é preciso que o amor também vença.

Feliz Pascoa!

Pe Alcides Marques, cp – Pároco
Pe Mauro Odoríssio, cp – Vigário Paroquial
Pe José Carlos, cp – Vigário Paroquial
Ir. Fernando Groff, cp – Religioso Passionista

Mauro Odorissio


Ser, para viver e agir

Texto de P. Mauro Odoríssio, CP As Leituras Litúrgicas do 1º Domingo  da Quaresma são vivíssimos apelos a uma vida nova, à conversão que não é mera passagem de uma “religião para outra”. Bem ao contrário, é solicitação  de crescimento  diuturno de estado de menor para maior perfeição.  E nem poderia ser diferente, uma vez … Continue lendo “Ser, para viver e agir”

Alcides Marques


Luxúria

Texto de P. Alcides Marques, CP Em sentido etimológico, a palavra de origem latina “luxuria” quer dizer abundância, extravagancia, excesso. Mais precisamente, vem de “luxus” (deslocado) e “luctari” (lutar). Podemos imaginar algo que está deslocado do seu devido lugar por causa de uma luta, como o caso de um lutador que deslocou o seu ombro … Continue lendo “Luxúria”

Mauro Odorissio


Muros separatórios

Texto de P. Mauro Odoríssio, CP Confesso: já é madrugada adentro, estou mais do que apurado, correndo contra o relógio, pois devo preparar apostilas para breve compromisso (retiro para teólogos). Assim mesmo, resolvi parar tudo para dar minha opinião. Queiram me tolerar, por favor, e se não for muito, peço que me leiam até o … Continue lendo “Muros separatórios”

Mauro Odorissio


Sede perfeitos como o Pai Celeste

Texto de P. Mauro Odorissio, CP Em nosso caminhar pelas sendas da vida, sentimos necessidade de fazer opções a cada instante. De imediato tem lugar as avaliações que, sob determinados parâmetros serão consideradas boas ou más. Exige-se que as normas ou princípios sejam estáveis, imutáveis, permanentes, justas. Só com elas teremos condições de estatuir ou … Continue lendo “Sede perfeitos como o Pai Celeste”

Mauro Odorissio


Descobrindo a roda redonda

Texto de P. Mauro Odoríssio, CP Entre outras matérias bíblicas, por muitos anos lecionei “Sinóticos”. Refiro-me aos Livros Mateus, Marcos, Lucas e Atos dos Apóstolos. Os dois últimos foram escritos pelo mesmo Autor: Lucas. A maioria dos alunos era seminarista. Havia mulheres e todos eram teólogos. A grande maioria almejava ser padre e dedicar-se à … Continue lendo “Descobrindo a roda redonda”

Mauro Odorissio


São José e o Natal

Texto de Pe. Mauro Odoríssio, CP Nem sempre S. José é devidamente considerado no contexto natalino. Humilde como sempre foi, pode ficar esquecido; mas no seu silêncio proverbial, notório, ele tem muito a dizer. De estirpe real, descendente de Davi, entra na história sem se apresentar, deixando que os acontecimentos falem dele. Não se sabe … Continue lendo “São José e o Natal”